Vendas depois da crise: prepare-se para a retomada em 6 passos

20 Maio, 2020

Compartilhar

Você está preparado para retomar as vendas depois da crise, ou só consegue pensar na situação atual do negócio?


É impossível saber exatamente quando a pandemia será controlada e como será o ritmo da recuperação econômica, mas é preciso se planejar desde já. 


Na melhor ou na pior das hipóteses, você terá que repensar suas estratégias comerciais, rever as necessidades dos seus clientes e encarar um mercado totalmente novo. 


Por isso, preparamos um guia rápido com passos importantes para se preparar para as vendas depois da crise. 


Siga a leitura e fique pronto para voltar aos negócios. 


Como se preparar para as vendas depois da crise?


Pensar nas vendas depois da crise é tão importante quanto manter seu negócio funcionando e suas finanças sustentáveis nessa fase crítica. 


Mesmo nos períodos mais difíceis, a única certeza é que haverá uma recuperação econômica em algum momento — que pode ser mais lenta ou mais rápida, dependendo das circunstâncias da pandemia. 


Nesse momento, você precisa continuar buscando maneiras de obter receita e reduzir custos, mas também deve enxergar mais longe e se preparar para a retomada das atividades. 


Assim, você manterá a estrutura necessária para recuperar o fôlego com mais agilidade e responder às mudanças no mercado, que reservam um novo cenário para empresas de todos os setores.


Por enquanto, é impossível dizer quando e como a economia vai voltar ao seu ritmo de crescimento anterior à pandemia, mas temos algumas possibilidades a seguir. 


Vendas depois da crise: três possíveis cenários


Atualmente, os economistas preveem três possíveis cenários para a retomada das vendas depois da crise, representados pelas letras do alfabeto V, W e U:


-Curva em V: a curva em V é o cenário mais otimista, pois prevê uma recuperação econômica tão intensa quanto a própria crise. Nesse caso, a recessão chega ao seu ponto mais crítico e é seguida por uma retomada rápida das vendas, até alcançar o patamar anterior

-Curva em U: a curva em U é um cenário bastante realista, pois prevê uma recuperação mais lenta após o ápice da crise. Isso significaria um aumento gradual nas vendas, mantendo um crescimento baixo por um período até voltar aos resultados iniciais

-Curva em W: já a curva em W é a possibilidade mais pessimista, na qual o país entra e sai da recessão sucessivas vezes, alternando períodos de relaxamento da quarentena com reincidência das infecções por Covid-19. Nesse cenário, a economia não tem tempo para se recuperar e as vendas oscilam muito.


De acordo com o economista-chefe global da agência de classificação de riscos S&P Global Ratings, Paul Gruenwald, o país tem uma chance de ver a recessão em forma de V, desde que tenha uma retomada ágil após o pico da crise. 


No entanto, em entrevista à BBC de maio de 2020, ele deixa claro que as tendências atuais estão mais próximas do U, com a previsão de queda do PIB global de 2,4% em 2020 e crescimento de 5,9% em 2021. 


Prepare-se para a retomada das vendas depois da crise em 6 passos


Em qualquer um dos cenários previstos, as empresas que se prepararem para as vendas depois da crise sairão na frente. 


Siga estas dicas para deixar seu negócio pronto para a retomada.


1. Entenda a mudança de hábitos do consumidor


A crise do coronavírus mudou radicalmente alguns hábitos de consumo e fez suas pesquisas de mercado anteriores perderem a validade. 


Daqui para frente, a tendência é que os consumidores evitem aglomerações e mudem suas prioridades, buscando novas experiências e outras formas de suprir suas necessidades.


Por exemplo, se você tem uma loja física, precisa entender como seus clientes vão preferir fazer suas compras (pela internet, telefone ou pessoalmente com restrição de circulação, por exemplo).


Também é importante entender quais produtos e serviços se tornaram prioritários e quais estão em baixa (ex.: crescimento dos produtos de higiene e queda em serviços de transporte).


2. Mantenha o relacionamento com os clientes


Mesmo que suas vendas estejam em queda, é fundamental manter um relacionamento próximo com os clientes para se antecipar às vendas depois da crise. 


Para isso, você pode enviar conteúdos relevantes sobre a crise e ações tomadas pela empresa, seguir o calendário do e-mail marketing com felicitações e ofertas, criar promoções exclusivas para antecipação de consumo (entrega futura com desconto), entre outras iniciativas.


3. Adapte produtos e serviços às novas necessidades


Com a mudança no comportamento do consumidor, adaptar produtos e serviços é uma excelente oportunidade para retomar as vendas depois da crise.


Por isso, esse é o momento de mapear as novas necessidades dos seus clientes e desenvolver soluções para a fase que se aproxima. 


4. Mire em um novo canal de vendas 


O consenso geral é que as vendas depois da crise devem se concentrar em canais a distância e no delivery.


Então, se você ainda não possui uma estratégia omnichannel, é hora de ampliar os canais de venda e adotar soluções como e-commerce, televendas, vendas por redes sociais, vendas pelo WhatsApp, lojas em marketplaces online, aplicativos de entrega, etc.


5. Treine seus colaboradores


Seus colaboradores também precisam ser treinados para lidar com as novas demandas e atender às necessidades dos clientes após a crise. 


Com o time capacitado e alinhado para retomar as atividades, você tem muito mais chances de se recuperar rapidamente e reconquistar a preferência dos clientes antes dos concorrentes. 


6. Prepare o caixa


Por fim, seu planejamento para as vendas depois da crise deve incluir a parte financeira, preparando o caixa para retomar o fluxo de pedidos. 


É provável que você esteja operando com um capital de giro menor, mas precisará ter uma reserva para renovar o estoque, reativar seus fornecedores e cobrir novos custos. 


Nesse ponto, os contadores da Gerencial Auditoria e Consultoria têm a expertise necessária para apoiar sua gestão financeira e contábil, facilitando o processo de recuperação e fortalecendo suas finanças no momento mais urgente. 


Para garantir a melhor estratégia de vendas depois da crise, chame nossa equipe no WhatsApp e receba orientação profissional de qualidade.