Como trabalhar em home office e se manter produtivo na crise

12 Maio, 2020

Compartilhar

E agora: como trabalhar em home office e manter a produtividade durante a crise? 


Em um cenário de pandemia global, muitos profissionais não estavam preparados para o trabalho remoto e estão tendo que se adaptar em tempo recorde, já que a migração é essencial para combater a disseminação do coronavírus


Apesar da flexibilidade de trabalhar em casa, os desafios são muitos: distrações, falta de motivação, isolamento e dificuldade em limitar o expediente, por exemplo.


Para ajudar você a superar esses obstáculos, temos algumas dicas valiosas de como trabalhar em home office e melhorar seus resultados à distância.


Continue lendo e veja como enfrentar esse período.  


Como trabalhar em home office se tornou o novo padrão

Saber como trabalhar em home office é a nova exigência profissional em meio à crise do coronavírus.


Diante de uma pandemia global, as empresas tiveram que enviar seus colaboradores para casa e se adaptar rapidamente ao trabalho remoto, como única solução para manter as operações e cumprir as medidas de distanciamento social necessárias. 


De acordo uma pesquisa da Gartner, publicada em março de 2020, 88% das empresas globais já adotaram o trabalho a distância para enfrentar esse período, enquanto o Brasil registra um índice de 43%, segundo uma pesquisa realizada pela consultoria Betania Tanure Associados (BTA) e publicada no mesmo mês na Época Negócios. 


E essa fase não deve acabar com o fim da pandemia: de acordo com um estudo da FGV publicado em abril de 2020 no Uol, o home office deve crescer 30% nas empresas mesmo após o período de estabilização da Covid-19 e retomada das atividades. 


Embora o home office já fosse uma tendência, a maioria dos profissionais não estavam preparados para essa mudança brusca — principalmente em tempo integral.


Logo, o novo desafio na carreira é entender como trabalhar em home office e manter a produtividade durante a crise. 


Desafios de trabalhar em home office

Aprender como trabalhar em home office rapidamente pode ser desafiador, pois ter seu escritório em casa não é tão simples assim.


Apesar de ser um sonho para muitos profissionais por conta da liberdade e flexibilidade, o trabalho remoto exige uma dose extra de disciplina e uma gestão do tempo diferenciada.


Se você pretende se manter produtivo no expediente a distância, deve se preparar para os seguintes obstáculos:


-Distrações do ambiente doméstico 

-Indisciplina causada pela ausência de supervisão 

-Procrastinação de tarefas 

-Falta de motivação por conta do isolamento social

-Dificuldade em delimitar o horário do expediente 

-Superdimensionamento da carga de trabalho suportada 

-Falta de espaço e equipamentos adequados para a execução do trabalho

-Interrupções constantes de familiares

-Dificuldade para organizar reuniões e compartilhar informações com líder e equipe

-Problemas com gestão do tempo.


Felizmente, é possível superar esses desafios e alcançar a produtividade máxima trabalhando a distância, como veremos a seguir.


Como trabalhar em home office e se manter produtivo em 6 passos

Afinal, como trabalhar em home office e se manter produtivo diante de tantos desafios?


Confira alguns passos para se adaptar melhor à nova realidade.


1. Prepare seu espaço de trabalho


O primeiro passo do guia “como trabalhar em home office” é preparar seu espaço de trabalho com o mínimo de conforto e adequação necessários. 


O ideal, claro, é ter um escritório dedicado em um cômodo mais isolado, com todos os equipamentos e móveis necessários (mesa, gaveteiros, cadeira ergonômica, materiais de escritório, decoração, etc.).


Mas, se não for possível, é preciso reservar um espaço mais silencioso e com menor circulação de pessoas, onde você possa montar sua estação de trabalho e ambientar seu home office.


2. Organize sua rotina 


No trabalho home office, você deve manter as mesmas práticas de gestão de tarefas e rotinas do escritório, organizando suas entregas com antecedência e planejando a agenda. 


Se você trabalha com um software colaborativo como o Trello ou Asana, por exemplo, essa função será muito mais simples e o risco de desorganização bem menor. 


3. Delimite o horário de trabalho


Uma das maiores dificuldades de trabalhar em home office é separar o horário de trabalho da rotina pessoal. 


Quase sempre, as pessoas misturam expediente com vida pessoal e acabam cumprindo jornadas mais longas, devido à facilidade em “responder só mais um e-mail” ou resolver aquela última tarefa antes de encerrar o dia. 


Por isso, é importante delimitar o horário de trabalho e segui-lo da mesma forma que você fazia no escritório, para evitar a sobrecarga e o consequente estresse. 


4. Programe pausas durante o dia


No home office, a tendência é trabalhar por horas a fio, pois há menos interrupções para reuniões, cafés e eventos durante o expediente. 


No entanto, esses longos períodos de atividade ininterrupta são prejudiciais para a produtividade — daí a necessidade de programar pausas durante o dia e dividir seu expediente em blocos menores.


Existem algumas técnicas para isso como o famoso método Pomodoro, que propõe blocos de trabalho de 25 minutos intercalados com pausas rápidas de 5 minutos. 


5. Faça exercícios físicos


Os exercícios físicos se tornam ainda mais importantes para manter-se ativo e saudável no trabalho remoto.


Afinal, passar longos períodos sentado pode comprometer sua saúde e elevar o risco de doenças — e a inatividade também é inimiga da saúde mental. 


Por isso, o recomendado é levantar-se no mínimo a cada uma hora, praticar atividades físicas regulares e fazer ginástica laboral. 


6. Continue se comunicando com os colegas


Para evitar o isolamento social, você deve continuar se comunicando normalmente com os colegas durante o expediente a distância.


Hoje, não faltam ferramentas para manter a proximidade online: WhatsApp, Skype, Hangouts, Slack, Zoom, entre outras opções.


As chamadas de vídeo são as mais indicadas, já que proporcionam uma experiência mais completa e facilitam as reuniões de check-in e feedbacks frequentes. 


Gostou das dicas de como trabalhar em home office e manter a produtividade durante a crise?


Então, coloque as sugestões em prática e comprove as mudanças no seu desempenho.